segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Melhor idade é ser Feliz

Dona Idalina Gozer é uma daquelas pessoas que você quer ser amanhã. Aos 66 anos, ela trabalha em dois empregos como doméstica e zeladora. Quando chega em casa, cuida dos afazeres domésticos e ainda trata do marido, que está acamado por conta de dois derrames. Mas, pensa que ela esmoreceu os ânimos? Pelo contrário. No trabalho, ela não perde o humor, fala sem parar e ri das coisas simples da vida.

Tempos atrás passou as noites em claro no hospital para cuidar do marido enfermo, que não andava. Mesmo sem dormir e comer direito, ela não faltou às obrigações durante o dia. Pelo bom caráter, ela é muito requisitada entre os moradores. Dona Idalina é bom humor nas veias, à toda prova. Prestes a ganhar uma bisneta, ela tem oito netos e quatro filhos.

Nos finais de semana, ela não perde um baile. Ela também comparece aos bailes de carnaval com direito a umas cervejinhas. E muitas risadas, é claro. Qual é o segredo dela? Talvez o bom humor conte muito. E a vontade de não entregar os pontos também.

Texto: Tarcila França / O Diário do Norte do Paraná




terça-feira, 20 de setembro de 2011

FAB usa aeroporto de Maringá como base

A Força Aéra Brasileira está utilizando o Aeroporto Regional Silvio Name Júnior como uma das bases na segunda fase da Operação Ágata II,  lançada pelos Ministérios da Defesa e da Justiça para combater atividades ilegais na região de fronteira.

Para defender o espaço aéreo contra voos ilícitos, durante a Operação Ágata II a FAB mantêm aviões de caça F-5EM e A-29 Super Tucano nas cidades de Dourados (MS) e Maringá, próximas da fronteira com o Paraguai, além das Bases Aéreas de Canoas (RS) e Campo Grande (MS).
"As Forças Armadas estando próximo das nossas fronteiras inibem um ilícito que por ventura alguém queira cometer", afirma o Major-Brigadeiro-do-Ar Flávio dos Santos Chaves, Comandante da Força Aérea Componente da Operação. 
"Essas aeronaves, em caso de necessidade, são acionadas pelo Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro e interceptam aquela aeronave considerada como suspeita para uma averiguação", explica o Brigadeiro Chaves.









Santa Rita ganha santuário

No ultimo domingo (18) o arcebispo Dom Anuar Battisti celebrou uma missa para oficializar a criação do Santuário de Santa Rita de Cássia, anexo à igreja. O padre Rogério Diesel, pároco da igreja e reitor do santuário, conta que o local foi eleito naturalmente por causa da grande frequência dos devotos nas três missas. “Há também a integração entre os fiéis. Muitas pessoas vêm de outra cidades, há uma espécie de turismo religioso”, diz.


Conhecida como a Santa da Família ou advogada dos aflitos, Santa Rita de Cássia recebe muitos pedidos de intercessão não só por problemas familiares, como pelas mais distintas causas. A história da santa remonta ao ano de 1381, em uma cidade chamada Cássia, na Itália. Naquela localidade, ela suportou o casamento com um homem violento que foi morto por inimigos. Os filhos também morreram e Rita se dedicou à vida religiosa depois de ingressar para o Convento das Agostinianas. Na fé dela, Rita de Cássia pediu um estigma de Jesus e teve um espinho cravado na testa até o fim dos dias dela. A santa morreu no dia 22 de maio de 1457 e foi canonizada pela Igreja Católica em 24 de maio de 1900. 









quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Rebelião na Casa de Custódia de Maringá (CCM)

O motim na CCM começou por volta das 12h30 de segunda-feira (12) e só terminou no fim da manhã desta terça-feira (13) com a transferência de 23 detentos, entre eles o líder da rebelião, Mayco de Souza Moretti, vulgo "Guerreiro" para o Centro de Operações de Triagem em Curitiba. Durante as cerca de 24 horas que a unidade esteve sob controle dos rebelados, foram destruídos grades, muro, camas, colchões e portas das 150 celas. Cerca de 80% da estrutura física da Casa de Custódia de Maringá (CCM) foi destruída durante a rebelião de presos que durou quase 24 horas.